Início Edições Número 04 Editorial

Editorial

379
0

Após cinco anos sem publicarmos, estamos de volta. Não mais como um projeto social numa ONG, mantendo-se apenas por doações e sem anúncios publicitários. Infelizmente, aquele modelo de negócio se mostrou insustentável. Agora somos uma social startup, uma empresa privada, para fazer a revista de uma forma profissional, como qualquer negócio comercial. Porém, com o mesmo propósito social que nos move desde o início: disseminar informação de qualidade a respeito de autismo, inclusive mantendo a revista gratuita, como sempre foi. Nossa missão.

Pra chegar até aqui, muitas pessoas acreditaram e colaboraram para este projeto tornar-se real. Não posso deixar de agradecer ao pai e publicitário Martim Fanucchi, que fundou a Revista Autismo junto comigo, em 2010.
Só nós dois sabemos o quão difícil foi. Muito obrigado, Martim, que esteve comigo neste projeto até dezembro de 2018. Não esqueço também do pai Zinho Casagrande, que doou toda a impressão da primeira revista, o número zero. E à Associação Areópago Atibaiense, que patrocinou toda uma edição da revista. Eles fizeram justo o que seria perfeito para aquele início de história: acreditaram. Sou grato também à nossa revisora oficial até hoje, a mãe Marcia Lombo.

E não posso me furtar de agradecer à ONG Consciência Solidária, de Atibaia (SP), que abraçou nosso projeto sem medir esforços, em 2011, principalmente à eterna presidente Lucila Mari Hashimoto e sua escudeira, Sonia Andrade Guedes. Vocês duas não têm ideia de quantas famílias ajudaram mantendo este projeto vivo.

Agora seguimos nossa estrada, por um novo rumo. Mas sem perder jamais a essência. E já sendo gratos a parceiros que estão acreditando nesta nossa nova fase, além dos anunciantes, à Sociedade Brasileira de Pediatria, que tem uma coluna aqui, e às empresas que levam a revista para chegar gratuitamente a mais de 50 cidades em todos os estados do Brasil: pelas rodovias, à Jamef Transportadora, e via aérea, à Azul Cargo. E um agradecimento especial a ninguém menos que Maurício de Sousa, que terá uma página em todo número da Revista Autismo, uma parceria com a Turma da Mônica falando de autismo.

Neste número, temos vários artigos, reportagens e colunas, de pais e de autistas, pois a ideia é também dar voz a autistas adultos, muitas vezes negligenciados na sociedade. Em resumo: aqui tem muita informação — a mais eficaz arma contra o preconceito.

Vem comigo devorar esta revista!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here