Práticas de atividades físicas podem fazer parte da rotina de autistas. Imagem: Reprodução/Introvertendo

O podcast Introvertendo, produzido por autistas e dedicado a discutir autismo, lançou nesta sexta-feira (18) o seu 133º episódio, chamado “Autismo e Atividades Físicas”. O conteúdo foi conduzido pela podcaster e engenheira Thaís Mösken, que é autista, e contou com as participações do jornalista Tiago Abreu e da estudante de Arquitetura Carol Cardoso, também autistas.

Segundo a equipe do podcast, o episódio surgiu como intenção de relembrar as aulas de educação física no período escolar e como se exercitam nos dias de hoje. Além disso, também foram abordados conceitos como psicomotricidade, diferenças entre atividades esportivas e lúdicas, e questões de gênero nas socializações das aulas.

“Todas as minhas memórias [das aulas de educação física] são ruins e tudo aquilo me parecia muito desagradável. A forma como isso era imposto é algo que até hoje me traz algumas dificuldades para lembrar com tranquilidade”, disse Thaís, responsável pela apresentação do episódio.

O episódio está disponível para audição em diferentes plataformas, como o Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts, e CastBox, ou no player abaixo. O Introvertendo também possui transcrição de seus episódios e uma ferramenta em Libras, acessível para pessoas com deficiência auditiva.

Mudanças de formação e reportagem

Nas últimas semanas, o Introvertendo publicou uma reportagem sobre autismo e religião, chamada “Fé no Espectro”, que é capa da nova edição da Revista Autismo. O conteúdo foi conduzido por Tiago Abreu, um dos apresentadores do podcast, juntamente com o jornalista Victor Mendonça, um dos responsáveis pelo portal O Mundo Autista.

Ao fim da reportagem, o podcast publicou o episódio “Autistas Ex-Evangélicos“. O tema foi o último do Introvertendo com a participação de Marcos Carnielo Neto, um dos fundadores do projeto. Na última segunda-feira (14), foi anunciada nas páginas do podcast a saída de Marcos. Os motivos, segundo a equipe, são dificuldades de gravação intensificadas pela pandemia.

“Foi muito difícil abrir mão do Marcos, mas chegamos a essa conclusão amigavelmente. Ele não gravava com a gente desde novembro de 2019 e, no mês que vem, vai embora para a Inglaterra. Então teremos que seguir cada um o seu caminho. Mas somos todos muito amigos”, disse Tiago Abreu.

Em sua homenagem, a equipe lançou o episódio 132, chamado “Valeu, Marcos!“, com depoimentos dos outros quatro fundadores do podcast, Luca Nolasco, Michael Ulian, Otavio Crosara e Tiago Abreu. Segundo Abreu, não serão acrescentados novos integrantes. “Já somos uma equipe imensa e o Marcos é insubstituível. Podemos até trazer alguma pessoa nova algum dia, mas definitivamente não será por agora”, concluiu.